Salamanca de colores

Monumentos
dourados
de história.

Tulipas
coloridas
de vida.

Em cantos e
sagrados
recantos

cintila
florida
primavera.

Escritor e professor universitário. [ Ver todos os artigos ]

Comentários

Há 4 comentários para esta postagem
  1. David Leite 15 de outubro de 2012 11:21

    Obrigado, amigo…
    Abraços
    David

  2. Jarbas Martins 15 de outubro de 2012 10:46

    Chegando tardiamente à tua poesia, poeta. Mas com a surpresa de ter descoberto uma nova terra. Parabéns.

  3. Danclads Andrade 21 de novembro de 2011 8:32

    “Em cantos e
    sagrados
    recantos”

    Encanto!!

    Maravilha, David!!!

  4. Paulo César 19 de novembro de 2011 13:58

    Poemas como esses é que fazem compensar a visita a esse sítio!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo