Salve Geral

salve geral

“O dia em que São Paulo parou”. A inscrição no cartaz do filme “Salve geral” associada à imagem de presos rebelados que seguram uma imensa faixa improvisada com os dizeres “Paz, justiça, liberdade” pode confundir o espectador que for ao cinema esperando assistir a um longa-metragem sobre os atentados de maio de 2006. De acordo com o cineasta Sergio Rezende, “Salve geral” é um filme de ficção, apenas inspirado em fatos reais.”

aqui

ao topo