‘Samba Lá do Beco’ recebe apresentação de jongo nesta quinta. Mas você sabe o que é jongo?

O projeto Samba Lá do Beco chega a mais uma edição com participação especial na noite desta quinta-feira (12) no Beco da Lama, Centro Histórico de Natal. A roda de samba do grupo Clave de Si abre espaço para a Companhia Pés de Moleque, que realizará uma apresentação de jongo.

Para quem não conhece, o jongo é uma dança ancestral de umbigada. Praticada ao som de tambores, foi trazida pelos negros bantos escravizados no Brasil.

“A história diz que o canto e a dança chegaram a ser usadas como uma forma de os escravos se comunicarem sem que os senhores entendessem o que era dito. O jongo canta e dança tristeza e alegria”, conta Carlos Britto, percussionista do Clave de Si.

Dançado nas senzalas, campos e ruas, o jongo foi integrado naturalmente ao universo do samba, ganhando espaço no repertório de grandes sambistas do país como Dona Ivone Lara, Wilson Moreira e Nei Lopes.

“É natural a conexão entre o jongo e o samba. São ritmos de forte ancestralidade africana e afro-brasileira. A identidade negra está em ambos e promoveremos a união dos dois no Samba Lá do Beco”, acrescenta Britto.

O projeto Samba Lá do Beco foi criado para resgatar a tradição dos sambas de quinta-feira no Beco da Lama, como é conhecida a rua Coronel Cascudo. A roda de samba começa às 19h30 no Centro Histórico de Natal.

Serviço
Data: 12 de maio, quinta-feira
Local: Rua Coronel Cascudo, Beco da Lama, Centro Histórico de Natal
Atrações: Clave de Si e Companhia Pés de Moleque
Entrada: Gratuita

Acredito que música, literatura e esporte são ansiolíticos dos mais eficazes; que está na ralé, nos esquisitos e incompletos a faceta mais interessante da humanidade. [ Ver todos os artigos ]

Comments

Be the first to comment on this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Go to TOP