Saudade

Sinto saudade
Muita saudade

Saudade do tempo
Saudade dos homens
Dos homens de bem
Do tempo que havia justos

Saudade dos jovens
Saudade dos formadores de opinião
Dos jovens com ideais
Saudade de quem ia à luta
Em nome dos menos favorecidos

Saudade dos que lutavam
Por igualdade e justiça
Saudade da esperança
Da esperança de um Brasil melhor

Hoje são poucos
Os que restaram
Andam calados e tristes
Por serem insuficientes
Para matar essa saudade

Saudade é o que me resta
Só saudade.

Sou artista visual, fiz várias exposições individuais e coletivas, já participei de salões, palestras, seminários, whorshop, projetos culturais, oficinas de arte, intervenções urbana e etc... Escrevi um livro de poemas "Agonia" que é mais pessoal que poético e gosto do portugues escrito de forma simples onde pessoas com menos formação acadêmica tenham condição de ler e entender. [ Ver todos os artigos ]

Comentários

Há 3 comentários para esta postagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo