Saudades do Festival Rouch

Terminou a mostra Jean Rouch com um belo filme do Jean-André Fieschi em homenagem a Jean Rouch. Um belo filme com a participação do Tallou e Damouré.
O Lam que fazia parte da grande trilogia de atores que trabalhou com Rouch já havia falecido quando Fieschi fez o filme em 1998.
Foi um belíssimo festival com mais de 30 filmes curtas e longas do Jean Rouch. Infilizmente pouco freqüentado pelos natalenses.
O Rouch tinha uma filosofia que deixo para a nossa reflexão. “O fazer de conta”. Vamos fazer de conta que é real. Que faço filme, que você me ama, que a gente acredita no que faz….
Momentaneamente podemos suspender a descrença.
Uma grande filosofia de uma semana plena.

Físico, poeta e professor [ Ver todos os artigos ]

Comentários

There is 1 comment for this article
  1. Nina Rizzi 27 de junho de 2010 9:46

    boa reflexão, Damata. eu fico aqui com o festival iberoamericano de cinema. uma beleza.

    beijos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo