Saudosismo radiofônico no TAM

A era de ouro do rádio estará amanhã (21h) no palco do Teatro Alberto Maranhão. E para muito além da Rádio Poti ou mesmo da saudosa Rádio Educadora de Natal. O grupo musical Brasileiras trará de volta composições já inseridas no cancioneiro da música tupiniquim. As imortais Chiquinha Gonzaga, Carmem Miranda, Dolores Duram, a nossa Núbia Lafayete e outras divas do rádio entre as décadas de 20 e 60 – a lembrar Glorinha Oliveira –ganham vida na voz das potiguares Katharina Gurgel, Alzinete de Oliveira, Dayanne Nunes e Kekely Lira, acompanhadas de mais sete músicos.

O espetáculo transporta para os dias atuais a imagem e as lembranças das grandes intérpretes e compositores que foram destaque na música brasileira quando a rádio foi o grande palco do cenário nacional, hoje presentes apenas na memória fonográfica dos mais saudosistas ou que viveram aqueles anos áureos. O show, já apresentado em sessão privada na Base da Petrobras e em três municípios potiguares, surpreende o público com figurino e cenário que retratam ou recriam uma época imensamente rica e inesquecível para a música do Brasil.

O grupo Brasileiras parece ter nascido para cantar o que não se ouve mais no cenário da música no Brasil. Dentro de uma proposta de resgate, pesquisa, montagem de temas que normalmente não são explorados pela cultura e mídia, de um modo geral, as quatro cantoras trazem aos dias atuais espetáculos musicais de alto nível de produção e texto, como o primeiro espetáculo apresentado pelo grupo, intitulado simplesmente “Brasileiras”.

Para o Dia Nacional da Mulher, o grupo chega com a proposta de cantar este universo feminino, destacado em época a qual não só a rádio era enaltecida, mas também a cultura brasileira, de uma forma geral, viviam seus melhores momentos. E as mulheres dividiram espaço com igualdade ao universo ainda mais machista ou mesmo protagonizaram a cena artística da época, seja na música, na literatura de Raquel de Queiroz, nas artes plásticas de Tarsila do Amaral ou na música das divas, amanhã, vivas na voz do grupo Brasileiras.

O grupo formado em Mossoró traz junto com o espetáculo um currículo considerável nos palcos potiguares. O Brasileiras já apresentaram grandes sucessos de Chico Buarque, Milton Nascimento e Luiz Melodia. Com seis apresentações em Mossoró e uma apresentação em Natal – dentro do Projeto Seis e Meia, onde se apresentou sendo “janela” para a cantora Tânia Alves – o Grupo conquistou a crítica e o público.

A apresentação de amanhã – Na Era do Rádio – é a segunda montagem do grupo. A produção caprichada enaltece agora a alma da mulher através da boa música, inclusive levando esse trabalho para outras regiões do estado. O grupo encerra os trabalhos com duas apresentações em Mossoró (13 e 14), no Teatro Dix-Huit Rosado, para fechar o ciclo de dez apresentações do espetáculo, patrocinado pela Petrobras.

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo