Secultrn/FJA terá ampla programação nesta terça-feira, 18

Pode-se chamar de uma verdadeira “Terça-feira cultural” o dia de hoje para o natalense que quiser sair de casa. A Secretaria Extraordinária de Cultura do RN e Fundação José Augusto (Secultrn/FJA) promoverá uma série de atividades que incluem exposição, lançamento do Revista Preá # 24; lançamento de livros sobre teatro; palestra com Nei Leandro de Castro e ainda a segunda edição do ano do projeto Seis & Meia, com a presença de Isaque Galvão e Renato Braz.

FJA

Na Galeria Newton Navarro, que fica dentro da Fundação José Augusto, a partir das 19h, ocorrerá a abertura da Exposição do Projeto Privado é Público, com obras de arte da colecionadora, Elenir Varela. Mensalmente esse projeto apresenta ao visitante um acervo outrora particular e que passa a ser conhecido para o grande público. Duas características diferencial as exposições que fazem parte do Privado é Público: acervo particular e sem fins comerciais.

Ainda na FJA, também a partir do mesmo horário, será lançada a Revista Preá, edição 24, sob o tema Mar & Sertão, que já foi lançada em Mossoró, em setembro, terá lançamento em Natal, juntamente com os livros editados pela Gráfica Manimbu: O Teatro Brasileiro na visão de Meira Pires, Procópio Ferreira e Raul Cortez – organizado por Maria Bezerra, a partir de depoimentos dados nos anos 1970 para a FJA. E Repouso do Adonis e Bocas que Murmuram – duas peças de autoria de Paulo Jorge Dumaresq. A distribuição da Preá é gratuita e os livros serão vendidos ao preço de R$ 20, cada. A renda é totalmente revertida para o Hospital Infantil Varela Santiago.

No TAM

No Teatro Alberto Maranhão, a partir das 18h30, ocorrerá o Projeto Seis & Meia, com os cantores Isaque Galvão e Renato Braz. Ingressos ao preço de R$ 20 e R$ 10 (meia). Renato Braz há tempos tem uma relação estreita com Natal, onde já se apresentou por diversas vezes. Seu trabalho é reconhecido pela crítica especializada: venceu o 5º Prêmio Visa de Música Brasileira – Edição Vocal, em 2002 e o Prêmio Rival Petrobrás na categoria Cantor Popular, além da indicação ao Prêmio Sharp de Música Brasileira, em 1996. Isaque Galvão também é um artista que há mais de uma década vem orgulhando a música potiguar com seu talento vocal cheio de versatilidade. Já foi finalista do Programa Ídolos 2, quando era exibido no SBT, recentemente participa do musical Dolores, com a atriz Cláudia Magalhães e pretende levar boa música para o palco do TAM.

No Teatro de Cultura Popular (TCP, anexo à FJA)

O penúltimo convidado dentro da série de palestras ocorridas no projeto Arte Potiguar no Mundo é o escritor e poeta, Nei Leandro de Castro, que vai falar sobre “Poetas da Minha Terra”. Nei Leandro de Castro é caicoense, foi morar no Rio de Janeiro aos 28 anos, onde trabalhou como redator e diretor de criação. Na bagagem profissional, guarda também colaborações para o jornal O Pasquim, resenhas literárias para o Jornal do Brasil e para a Rede Globo. Em 2005 voltou a residir em Natal e no ano passado, voltou a morar no Rio. É autor de livros de poema como O Pastor e a Flauta; Romance da Cidade de Natal; Feira Livre; e romances como As Pelejas de Ojuara (adaptado para o cinema pelo cineasta Moacyr Góes); Dia das Moscas e A Fortaleza dos Vencidos, dentre outros. A palestra começa a partir das 19h30 e a entrada é gratuita.

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo