Sejamos justos…

Fazendo justiça, devemos reconhecer que a iluminação natalina/natalense está um brinco. Belíssima, por sinal.

Bem, agora que isso não é mais preocupação, só falta a prefeitura verde, verdinha, cuidar melhor da educação, da saúde, da segurança, da cultura…

Advogado público e escritor/poeta. Membro da Academia Norte-Rio-Grandense de Letras. [ Ver todos os artigos ]

Comentários

Há 2 comentários para esta postagem
  1. Lívio Oliveira 26 de novembro de 2010 8:49

    Obrigado, Orlando, pelo desprendimento e generosidade.

  2. Orlando Baracho 26 de novembro de 2010 8:08

    Muito bom. Neste texto você é o poeta que eu conheço. Sintético e certeiro. Disse tudo em quatro linhas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo