Seminário de fotografia aberto ao público acontece em Natal

A Associação Potiguar de Fotografia (Aphoto) vai realizar o 1º Seminário Fotográfico do RN com objetivo de estudar fotografia para melhorar o nível técnico dos sócios aphotistas. O evento acontecerá no dia 4 de junho, a partir das 8 horas, no Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte, entre os bairros de Candelária e Cidade Satélite. O evento é aberto ao público e faz parte do Circuito Ambiental de Natal e da Semana do Meio Ambiente, cujo lançamento será no domingo, dia 5 de junho.

A Aphoto fará um recadastramento de antigos sócios e estará aberta para aquisição de novos associados. Para ser um sócio aphotistas, o fotógrafo (amador ou profissional) deve morar no Rio Grande do Norte, ter feito um curso básico de fotografia e pagar uma anuidade de R$ 100,00 (cem Reais), com direito à Carteira de Sócio 2016.

O objetivo do 1º Seminário Fotográfico do RN é qualificar seus sócios com informações e conhecimentos em técnicas fotográficas. Na parte da manhã, o fotógrafo e professor de fotografia Alexandre Santos fará uma palestra sobre o “Processo Criativo na Fotografia” e, à tarde, o fotógrafo pernambucano Mateus Sá fará uma oficina fotográfica com aula prática no pôr-do-sol, aproveitando o visual do Parque das Dunas Dom Nivaldo Monte.

Pensar e discutir os caminhos que nos levam à construção do olhar autoral na fotografia a partir do que pode ser tomado como uma realidade pessoal, esse é o objetivo da Oficina “Fotografia com digital” que será ministrada pelo fotógrafo pernanbucano, Mateus Sá. “Aqui se entende ‘digital’ como identidade, fazendo analogia a digital do dedo que identifica cada indivíduo”, disse Mateus, que fará uma oficina com prática fotográfica.

1º Seminário Fotográfico do RN
Data | 04 Junho 2016
Local | Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte
Início | 08h00
Não há cobranças de taxas.
Confirme sua presença através do email: jailson.oliveira@hotmail.com

PROGRAMAÇÃO

08h00 | Cadastramento
09h00 | Alex Gurgel (RN) – “Panorama da Fotografia Potiguar”
10h00 | Alexandre Santos (RN) – “Processo criativo na Fotografia”
11h30 | Coffee Break – Exposição Fotográfica
13h30 | Mateus Sá (PE) – Oficina com prática “Fotografia com Digital”
17h00 | Fotografando o pôr do sol no Parque da Cidade – Orientador: Mateus Sá

PALESTRANTES

ALEX GURGEL | Natalense, Jornalista, professor, empresário e fotógrafo. Formado pela UFRN (Universidade Federal do RN), trabalha na área de comunicação social e fotografia há mais de 20 anos. Há 10 anos é presidente da Associação Potiguar de Fotografia (Aphoto) aonde desenvolve um trabalho de qualificação da fotografia potiguar. Editor da Revista fotográfica Foco Poty com 3 edições, coordenador geral do Foto Riografia do Norte, um dos maiores festivais de fotografia do RN. Em 2015, ganhou o prêmio como o “Melhor Fotógrafo” cultural do RN, evento realizado anualmente pelo jornalista Toinho Silveira.

ALEXANDRE SANTOS | Fotógrafo, natural de Caraúbas-RN, nascido em 09 de julho de 1970. Bacharel em Comunicação Social em Rádio e TV e em Jornalismo (UFRN). Especialista em Artes Visuais – Cultura e Criação (SENAC). Mestre de Estudos da Mídia -PPGEM/UFRN. Participa há 10 anos do Coletivo Caminhos, Comunicação & Cultura onde desenvolve projetos ligados à área de fotografia (oficinas, concursos, exposições). Atualmente faz parte do Conselho Nacional de Políticas Culturais (CNPC) como representante da sociedade civil no Conselho de Artes Visuais do Ministério da Cultura. (Conselheiro leito para mandato 2016-2018).

MATEUS SÁ | Pernambucano de Recife, fotógrafo/artista visual, formado em Relações Publicas e Especialista em Cultura e Comunicação. Também atua como professor da Universidade AESO Barros Melo e Produtor Cultural. É Co-fundador do FotoLibras (fotografia participativa com jovens surdos) e da ONG GEMA. Foi um dos bolsistas do 48 Salão de Artes Plásticas de Pernambuco, com o trabalho “Pasta das Ideias”. Em 2011, foi finalista do 17 Concurso Latino Americano de Fotografía Documental “Los trabajos y los días” – Colombia. Publicou o livro “Índios e Caboclos: Reencontros” – 2014, “A Cambinda Do Cumbe” – 2006 e “Luz do Litoral” – 2005. É editor de livros como “Morro de Fé” de Beto Figueiroa; “Como uma Pedra” de Isaias Belo, “Indios e Caboclos – Reencontros” de sua autoria juntamente com Guga Soares; “Olinda Memórias Fotográficas” da produtora “O Norte” e “Lagarta Richelieu” de Lenice Queiroga. Atualmente desenvolve uma pesquisa fotográfica intitulada “Lugar das Incertezas”, aprovada no edital do Funcultura-PE de 2014/2015.

Foto: Hênio Bezerra, vencedor do concurso Por do Sol no Potengi

Acredito que música, literatura e esporte são ansiolíticos dos mais eficazes; que está na ralé, nos esquisitos e incompletos a faceta mais interessante da humanidade. [ Ver todos os artigos ]

Comments

Be the first to comment on this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Go to TOP