“Senhorinhas Nordestinas” (Feliz Dia da Mulher)

Arte: J. Borges

Me libertei das bonecas cedo,
quando me deparei em desenhar muito
Criar personagens nas rimas de Maria Bonita
Me libertei cedo dos costumes Paulista
E conheci a Paraíba aos 18 anos,
A Bahia anos atrás.
Vivendo em solo potiguar
Eu fiz o caminho contrário dos Retirantes
E lá me Retirei no jeito faceiro
Tantos Pernambucos no fim da tarde
As mulheres fortes feito mãezinha aqui
Santinhas e Marias,
que bordavam o sertão para mim
Contavam suas vidas
versos com jeitinho simples
E quando de lá eu parti,
Elas ainda me entoam orações
e eu as recebo
Na mesma Ave Maria
Lembrando de seus tercinhos
Trançados entre as mãos
Na fé no cair do dia.

Cintia Gushi
*Autora, licenciada em Letras e Pôs Graduada pelo Depto de Educação UFRN, funcionaria pública da Secretaria de Educação São Paulo. Atualmente, organiza posts poéticos em redes sociais.

Comments

Be the first to comment on this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Go to TOP