“Ser, para o homem, é transcender”

Uma entrevista e um artigo inéditos do ensaísta, crítico e filósofo paraense Benedito Nunes, um dos mais expressivos intelectuais de sua geração, que morreu domingo, aos 81 anos.

aqui

Comentários

There is 1 comment for this article
  1. Pablo Capistrano 5 de março de 2011 12:27

    Heidegger visitou os trópicos na obra do professor Benedito Nunes.

    Tive o prazer de vê-lo falar na SBPC de 1998 aqui em Natal.
    A força do seu pensamento constratava com a fragilidade da sua voz, quase um sussuro no auditório.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo