Setor audiovisual realiza protesto nesta quarta em frente à Funcarte

Nesta quarta-feira, integrantes do segmento audiovisual do Rio Grande do Norte realizam ação intitulada ‘Claquetada Cultural’, com concentração às 10h em frente a Funcarte, seguida de caminhada em direção à Prefeitura de Natal.

Comentei em post por aqui da possibilidade de fritura do Cadu Alves. É notória a posição política da maioria dos envolvidos. Então, não é opinião de toda exagerada. Mas há fundamento no protesto, mesmo considerada a crise financeira generalizada no país.

A ação está sendo organizada de forma autônoma por membros do Fórum Audiovisual, Fórum de Festivais do RN, Rede de Economia Criativa do RN e ABDeC/RN – Associação Brasileira de Documentaristas e Curta-metragistas.

No ato, representantes do movimento irão apresentar uma carta com reivindicações e solicitar reunião com o secretário de cultura do Município, Dácio Galvão.

Uma das principais pautas é o atraso no pagamento do edital Cine Natal 2014, que culminou na suspensão de um importante festival – o Urbanocine – e atraso na realização de seis curtas-metragens.

A Claquetada Cultural foi organizada após reunião realizada com representantes do segmento audiovisual e da Funcarte, na qual foi anunciado que os pagamentos do edital Cine Natal 2014 não são prioridade para a Prefeitura, havendo possibilidade de não liberação dos recursos e suspensão do edital em 2015.

A organização pede que integrantes do segmento audiovisual e da classe artística potiguar levem claquetes para endossar a ação.

Confirme presença no evento AQUI
Leia aqui carta aberta da ABDeC/RN AQUI

Jornalista por opção, Pai apaixonado. Adora macarrão com paçoca. Faz um molho de tomate supimpa. No boteco, na praia ou numa casinha de sapê, um Belchior, um McCartney e um reggaezin vão bem. Capricorniano com ascendência no cuscuz. Mergulha de cabeça, mas só depois de conhecer a fundura do lago. [ Ver todos os artigos ]

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo