Sintoma

 

Não desejo

senão libertá-la.

 

Habite: praça

picadeiro

avenida

farmácia

universidade

 

garimpe: livro

metáfora

metonímia

prata

diversidade

 

a memória é

o cárcere

PATOlógico

da linguagem.

 

 

 

 

 

Foto: Detalhe de uma instalação da artista plástica Beatriz Milhazes, no Jewish Museum, em Nova York.

Advogado, radicado em Aracaju, SE. Diletante das artes literárias, visuais e da boa convivência. Sobre ciência, devota seu tempo a sociologia, antropologia e política. Membro fundador do honorário Grêmio Recreativo Pombo Sujo e do Movimento Sinantrópico. [ Ver todos os artigos ]

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × 1 =

ao topo