Sobre 118 envelopes de um concurso de poesia

muses.JPG

Por Márcio de Lima Dantas

A concepção platônica do poeta como um indivíduo tocado pelos dedos da Musa, que o impulsionaria a escrever e a representar-se como eleito face aos outros homens, permanece intacta. Coisa estranha…

aqui

Comentários

Há 2 comentários para esta postagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo