Sobre declaração de Fátima Bezerra

Por François Silvestre

Deu nas folhas: Declaração da Senadora Fátima Bezerra.

“O PT nasceu das lutas do povo brasileiro por terra, trabalho, liberdade, cidadania e ética na política. Cresceu e se consolidou vencendo a resistência daqueles que não queriam que o Brasil mudasse. Nos últimos 12 anos, com Lula e Dilma, o PT transformou o país, governando para a maioria”, disse Fátima.

Do Blog de François Silveste: Declaração porreta de mesa de bar. Só. Terra? O MST interrompe até o acesso ao Aeroporto. Trabalho? O desemprego taí desafiando a mentira do pleno emprego. Liberdade? Não é presente de ninguém, mas de quem lutou por ela, antes da existência do PT. Cidadania? Não há cidadania no meio da instrumentalização do Estado a serviço de um Partido. Ética? Senadora, sobre ética, a senhora não tem autoridade política, no âmbito do seu partido, para tratar do assunto. Mudança? O Brasil mudou pra onde? Vou responder: O Brasil mudou do ruim pro pior. Da esmola aos banqueiros do tucanato para a esmola aos desvalidos. Os ricos, recebendo esmola pública, continuam cretinos. O pobres, recebendo esmola, continuam miseráveis. O PT pode ter nascido da luta pela liberdade, mas morreu na ganância do poder, cuja liberdade virou liberalidade.

Ex-Presidente da Fundação José Augusto. Jornalista. Escritor. Escreveu, entre outros, A Pátria não é Ninguém, As alças de Agave, Remanso da Piracema e Esmeralda – crime no santuário do Lima. [ Ver todos os artigos ]

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo