Solstício de Verão e Eclipse Total da Lua

Solstício de Verão e Eclipse Total da Lua – Noite de 21 de Dezembro

Na próxima Lua cheia de Dezembro temos um motivo a mais para celebrarmos o fim do ano e início do Verão. Não precisa ficar com medo. Uma oportunidade rara de presenciarmos o Solstício de Verão e Eclipse Lunar, num mesmo dia.

Solstício de Verão

Na astronomia, a palavra solstício significa sol parado. Nesse momento o Sol durante o seu movimento aparente na esfera celeste atinge a maior declinação em latitude, medida a partir da linha do equador. Os solstícios ocorrem duas vezes por ano: em dezembro e em junho. O dia e hora exatos variam de um ano para outro. Quando ocorre no verão significa que a duração do dia é a mais longa do ano. Analogamente, quando ocorre no inverno, significa que a duração da noite é a mais longa do ano.

No hemisfério norte o solstício de verão ocorre por volta do dia 21 de junho e o solstício de inverno por volta do dia 21 de dezembro. Estas datas marcam o início do verão e inverno. No hemisfério sul ocorre o inverso. No próximo dia 21 de dezembro temos o solstício de verão. Nessa data, teremos o dia mais longo do ano e a noite mais curta (quase noite de Natal) . Os Solstícios não são iguais em dias devido a excentricidade da órbita da Terra. A órbita da Terra em torno do sol é uma elipse de baixa excentricidade e, quando a Terra atinge o Periélio (maior proximidade do Sol ), sua velocidade orbital é maior do que quando a Terra está m ais distante ( Afélio ). Os trópicos de Câncer e Capricórnio são definidos em função dos solstícios. No solstício de verão no hemisfério sul, os raios solares incidem numa área menor da Terra na linha que coincide com o Trópico de Capricórnio. Já no do hemisfério sul, essa incidência maior dos raios solares acontecem no Trópico de Câncer.

Eclipse Lunar – 21 de Dezembro

Um motivo para celebrarmos essa dança cósmica que vem encantando e assustando a humanidade desde a mais remota antiguidade. Por um momento, a Terra, interceptará os raios solares e a noite de plenilúnio ficará escura. A Lua deixa de receber os raios solares ao entrar no cone de sombra da Terra, criado pelo Sol.

A Lua, jardineira celeste, é a rainha da noite. Noite dos namorados e poetas. Loucos e místicos. A Lua é um satélite natural da Terra e reina absoluta da noite. Para os amantes da noite a Lua é um verdadeiro banquete dos deuses. Na etnografia, existem muitas lendas e crendices com a Lua: Diana, Afrodite, Isis. Quando acontecia o eclipse da Lua, os antigos acreditavam ser um sinal que alguma coisa ruim estava para acontecer, e seria necessário afugentar o dragão que está devorando a Lua.
A Lua tem tido ao longo das várias civilizações uma relação muito próxima com o homem e a terra. Desde tempos remotos os homens acreditavam que a Lua influencia diretamente as plantas, animais e o próprio homem. A Lua, também, é responsável pelas marés terrestres e vem sendo ao longo dos tempos uma eterna musa inspiradora para poetas, artistas e contempladores do cosmos em geral. Muitas vezes os homens ficam fascinados com a beleza da Lua, e, outras vezes, são possuídos de superstições e crendices que afetam seu dia-a-dia e o seu modo de se relacionar com o cosmos.
.
Considerando o Tempo Universal como referência de data, o meio do eclipse ocorrerá às 08:16 TU enquanto que o instante do Solstício de Verão será às 23:38 TU do dia 21 de dezembro. A coincidência desses dois fenômenos é muito rara. A última vez que aconteceu um eclipse lunar no solstício de verão foi em 1991, quando a Lua ficou somente 9% coberta pela sombra projetada pela Terra.

Para os observadores no RN, essa importante efeméride pode ser observada nos horários locais, abaixo discriminados:

Entrada da Lua na penumbra (P1): 02:27
Entrada da Lua na sombra (U1): 03:32
Início da totalidade (U2): 04:40
Meio do eclipse: 05:16
Fim da totalidade (U3): 05:53
Saída da Lua na sombra (U4): 07:01
Saída da Lua na penumbra (P2): 08:06

21/12/2010 Ocultação Lunar: 132Tau, 5,0 mag.

Físico, poeta e professor [ Ver todos os artigos ]

Comentários

Há 2 comentários para esta postagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × 2 =

ao topo