Som Sem Plugs chega ao Oeste Potiguar e região da Costa Branca neste mês

Atingindo o número de mais de 14 mil votos online e quase 400 mil visualizações na FanPage, o edital “Música é Energia” é sucesso e trouxe novos talentos para o estado do Rio Grande do Norte selecionando cinco vozes de vários estilos e ritmos musicais. Dando continuidade ao cronograma, no final deste mês, a equipe do Som Sem Plugs embarca durante quatro dias pelo Oeste Potiguar e região da Costa Branca para novas produções.

As produções do Som Sem Plugs serão gravadas em diversas locações da grande Natal e interior do RN, até junho deste ano. A primeira gravação foi com a banda Skarimbó. As próximas produções audiovisuais, com Pedro Falcão e Alan Baboo, selecionados do edital “Música é Energia”, têm destino marcado: Mossoró e Ponta do Mel (município de Areia Branca).

Mas, o Som Sem Plugs tem novidade. Nesta viagem será realizada a primeira edição do projeto Som na Tela, tendo como convidado o pintor mossoroense Laércio Eugênio. O Som na Tela mostra o processo criativo de artistas plásticos e sua relação com a música.

O Som sem Plugs, que conta com o patrocínio da Cosern através da Fundação José Augusto e a Lei Câmara Cascudo de Incentivo à Cultura do Governo do Estado do Rio Grande do Norte, terá apoio local do Thermas Hotel & Resort e logística de transporte realizada pela Locarx Aluguel de Carros.

Som Sem Plugs
O Som sem Plugs é um espaço virtual multimídia que reverencia a cultura e o entretenimento com foco em produções audiovisuais independentes para web. Em três anos de estrada já produziu mais de 200 vídeos, registrando e propagando, sem exceções de estilos musicais, o trabalho de mais de 80 artistas, divulgando assim, a música potiguar para o mundo.

Desde a sua criação, tem como propósito servir como uma ferramenta de ampliação na divulgação da música e cultura de forma geral, produzida no Rio Grande do Norte, dando o devido destaque e valor aos artistas potiguares.

Jornalista por opção, Pai apaixonado. Adora macarrão com paçoca. Faz um molho de tomate supimpa. No boteco, na praia ou numa casinha de sapê, um Belchior, um McCartney e um reggaezin vão bem. Capricorniano com ascendência no cuscuz. Mergulha de cabeça, mas só depois de conhecer a fundura do lago. [ Ver todos os artigos ]

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 1 =

ao topo