Sorteio de convites para ‘Il Trittico’, de Puccini, no Cinemark (12, 13 e 15 de maio)

Sortearemos quatro pares de convite para ‘Il Trittico’, de Puccini, no Cinemark. Na sexta-feira (11) pela manhã anuncio os vencedores, que deverão pegar os convites comigo na Casa da Indústria (Av. Salgado Filho, 2860 – próximo ao Hotel Residence), entre 14h e 19h , na mesma sexta. Pronunciem-se por e-mail ou nos comentários. Estou muito ocupado esta semana e provavelmente na próxima e não terei como ir ao encontro dos ganhadores para fazer a entrega dos convites.

*********

Release

Já está aberta a venda dos ingressos para mais uma sessão da temporada de óperas e balés da Royal Opera House (ROH), de Londres, que a Rede Cinemark traz com exclusividade para suas salas aqui no Brasil. O espetáculo “O Tríptico”, ou “Il Trittico” – no original em italiano – reúne três óperas curtas compostas por Giacomo Puccini e será exibido no dia 12 de maio, às 14h, no dia 13 de maio, às 18h, e 15 de maio, às 19h. Os ingressos já podem ser adquiridos no site da Rede (www.cinemark.com.br) ou na bilheteria dos cinemas. Os valores são de R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia).

Considerada a mais contemporânea de todas as casas de óperas, o ROH faz uma leitura mais moderna dos espetáculos, ampliando seu alcance e atraindo um público de faixa etária variada. As apresentações acontecem em mais de 30 complexos da rede em todo o Brasil: São Paulo, Santos, Rio de Janeiro, Niterói, Brasília, Natal, Campo Grande, Belo Horizonte, Porto Alegre, Curitiba, Vitória, Florianópolis, Manaus, São José dos Campos, Campinas, Ribeirão Preto, Salvador, Cotia, Aracaju, São Caetano, Barueri, e Goiânia.

“Il Trittico” é composta por três óperas, cantadas em italiano: Il Tabarro, Suor Angelica e Gianni Schicchi. Il Tabarro – em português, O Manto – conta a violenta história de um triângulo amoroso que se desenrola em uma barca que navega pelo rio Sena, em Paris. Giorgetta, interpretada pela soprano Eva-Maria Westbroek, trai seu marido Michele, papel de Lucio Gallo, com o operário Luigi, cantado por Aleksandrs Antonenko. A segunda ópera, Suor Angelica, traz a soprano Ermonela Jaho como a jovem Angelica, que foi forçada a se tornar freira depois de ter um filho ilegítimo. A última obra é Gianni Schicchi, uma comédia em que os parentes de um homem cheio de posses, que acaba de morrer, tentam alterar seu testamento com a ajuda do espertalhão Gianni Schicchi (outro papel de Lucio Gallo). Essa é a primeira apresentação completa de Il Trittico, de Puccini, pelo The Royal Opera House de Londres desde 1965.

Marcel Gottlieb, comentaristas das óperas pela Cinemark, aponta que as três óperas são inspiradas no Purgatório (Il Tabarro), Céu (Suor Angelica) e Inferno (Gianni Schicchi) da Divina Comédia de Dante Alighieri. “As óperas também retratam fases e episódios da vida particular de Puccini, como a falsa acusação de traição com uma empregada; a irmã que viveu como freira nas mesmas condições; e a preocupação de Puccini sobre o que fariam os possíveis herdeiros para desfazer sua vontade, frente a seu testamento”, argumenta Gottlieb.

O espetáculo traz algumas das mais belas melodias escritas por Puccini, como a da famosa ária “O Mio Babbino Caro”, em Gianni Schicchi, ou o lamento de Suor Angelica, “Senza Mamma”. A montagem é assinada por Richard Jones, que cria uma ambientação moderna para as três óperas – Gianni Schicchi, por exemplo, é transposta para os anos 50, enquanto a ação de Suor Angelica é transferida de um convento para um hospital infantil. A regência é do diretor artístico do ROH, Antonio Pappano.

Comentários

Há 3 comentários para esta postagem
  1. Ranne Ribeiro 11 de maio de 2012 11:05

    Euzinha participando jáaaaaaaaa..! Arte p não morrer de verdade!

  2. Ítalo de Melo Ramalho 10 de maio de 2012 17:11

    Inscreva-me por obséquio nobre Tácito.

  3. Danclads Lins de Andrade 9 de maio de 2012 21:09

    Quero participar…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo