Sou contra!!!

Cena de”Tudo Pode Dar Certo”, penúltimo filme de Woody Allen

Hoje, 08 de dezembro de 2010, ao me barbear defronte ao ingrato e cruel espelho, deparei-me com uma certa quantidade (maior do que o normal) de cabelos brancos no cocuruto.

Calma, acredito que não tem nada a ver com os debates do SPlural. Aos 41 anos e muita molecagem, percebo mesmo que os cabelos grisalhos e outras coisas “estranhas” estão aparecendo, tristemente, naturalmente.

A cada semana, conto com o apoio de um único joelho, vez que o outro fica “estourado” em decorrência das caminhadas no Parque das Mangueiras e da “escalada” dos degraus da repartição. E também distancio cada vez mais o livro ou o jornal dos olhos para poder ver as palavras em foco adequado. Minha cadeira, diante do monitor, já se encontra a uns três metros de distância e digito curvado e corcunda.

Até para escrever no SPlural o meu esforço parece ser maior e as mãos se cansam mais facilmente…Quando vou comentar alguns textos percebo até que tenho uma tremedeira…rsrsrsrsrs

Mas, tem nada não. Acho que ficarei até mais charmoso (rsrsrs) de cabelos grisalhos. E cabelos brancos trazem sempre alguma dignidade a mais. Quem sabe se ganharei mais respeito de alguns doutores e contendores “intelectuais”?

De qualquer sorte e por algum motivo que não consigo compreender, não parei hoje de pensar naquela famosa e sintética frase de Woody Allen ao ser indagado acerca da velhice e da morte: “Sou contra!!!”.

Advogado público e escritor/poeta. Membro da Academia Norte-Rio-Grandense de Letras. [ Ver todos os artigos ]

Comentários

Há 2 comentários para esta postagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × três =

ao topo