Superficialidade 3D

“Uma obra de arte não vale apenas por posições que toma – e mesmo as mais despretensiosas fazem um recorte dos temas, ou seja, tomam posições –, mas sua grandeza depende diretamente da maneira como seduz o espectador até elas. E Avatar comete o equívoco capital de ter um enredo convencional embalado como se fosse inovador”. Daniel Piza

aqui

ao topo