Tag: Poema

Geovannina
Procuro ao mar o ra tro Liberdade nunca herdada Beijando o chão amado Onde pi a te dilacerada Fra e olta ao vendaval Da boca que a pira o beijo Perfumado Por ob o belo eio...
Continue lendo
Go to TOP