Tag: Poesia

Gérmen
A jangada e correga no dor o lí­quido da terra Serpenteando o pano úmido do templo, vê- e o vaqueiro do mar (lu trado de ouro e gema) cavando o mapa angular da...
Continue lendo
Lonjura
“É para você, meu pai, que dedico e a lenha linha por obre o univer o do eu orri o que e e palha feito fonte de um er que nunca deixou de dizer eu ou eu irmão”, do autor para o...
Continue lendo
Go to TOP