Tem samba e dança nesta quinta no Beco da Lama em homenagem ao mar

O mar vai chegar ao Beco da Lama na noite desta quinta-feira (28) no Centro de Natal. O Samba Lá do Beco de julho terá dança e repertório especial para homenagear a vida dos pescadores e Iemanjá, orixá africano conhecida no Brasil como a que reina sobre as águas do mar. O samba começa às 19h na rua Coronel Cascudo, no conhecido Beco da Lama, em Cidade Alta.

Como em edições anteriores, o grupo Clave de Si, idealizador do projeto, arrecadará doações para instituições filantrópicas. Desta vez os beneficiados serão os idosos do Espaço Solidário de Mãe Luíza, na Zona Leste. As doações podem ser produtos de material de limpeza em geral e fraldas geriátricas nos tamanhos P e M.

Para a apresentação de dança, o Samba Lá do Beco recebe a Companhia Pés de Moleque com o ritual da Puxada de Rede. Reproduzida por grupos de capoeira Brasil a fora, a dança nasceu em referência à escolha do mar como meio de sobrevivência pelos negros excluídos após a escravidão. Os dançarinos da Companhia Pés de Moleque interpretam o ritual nos papéis de pescadores e Iemanjá.

“A lenda diz que os pescadores ouviam o canto de Iemanjá e eram atraídos até o fundo do mar”, detalha Carlos Britto, percussionista e vocalista do grupo Clave de Si. A apresentação foi musicada pelo grupo Clave de Si, que fez uma seleção de músicas sobre o mar para o ritual no Beco da Lama.

O projeto Samba Lá do Beco acontece em uma quinta-feira por mês, resgatando a tradição do samba no Beco da Lama e agregando expressões da cultura afro-brasileira às apresentações.

Serviço

Data: 28 de julho, segunda-feira
Atrações: Clave de Si e Companhia Pés de Moleque
Doações: Material de limpeza e fraldas geriátricas (P ou M) para o Espaço Solidário de Mãe Luíza
Local: Bar da Nazaré, rua Coronel Cascudo, Cidade Alta
Horário: 19h
Entrada: Gratuita

Comments

Be the first to comment on this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Go to TOP