Tempo nulo

Que miserável tempo é esse? Que não se respeita o direito ao não. Que se justifica voto e adesão sob a bengala do menor mal. De quem se acha no direito de escolher e impor o que é o menor mal. Não venho de tempo sereno, não venho de tempo sensato. Venho do tempo da liberdade cobrada com sangue. Guardando nas ventas o cheiro de carne podre, nas paredes de corredores escuros onde se derramava a placenta da violência nascida e a liberdade era apenas um amontoado de rugas. Não posso ser sereno. Não me foi dada a herança da sensatez . Eu quero a utopia. Eu quero o delírio. É meu direito de querer. Não chamo ninguém pra vir comigo. Vou só. A minha solidão tem o topete de não se iludir com a fantasia da esmola. O meu voto vale pouco, porque a democracia onde ele reside não vale nada. Não troco a liberdade que ganhei às custas dos restos mortais de companheiros que se perderam na sua grandiosidade, pela liberdade que me oferecem ao preço da minha pequenez. Quero a utopia. Quero o delírio. Alguém aí os tem para oferecer?  Se não, me deixem em paz. Ou não me ofereçam lições que não pedi. Basta-me a companhia de Zé Régio. Não sei pra onde vou…não sei pra onde vou…Sei que não vou por aí.

Ex-Presidente da Fundação José Augusto. Jornalista. Escritor. Escreveu, entre outros, A Pátria não é Ninguém, As alças de Agave, Remanso da Piracema e Esmeralda – crime no santuário do Lima. [ Ver todos os artigos ]

Comentários

Há 3 comentários para esta postagem
  1. Marcos Silva 7 de outubro de 2010 1:49

    François:

    Seu texto é magnífico, mesmo para quem discorda de tudo que ele diz. Adoro José Régio, em especial o verso:
    “E vós amais o que é fácil!”
    Abraços de sincera admiração:

  2. plinio sanderson 7 de outubro de 2010 1:18

    bravo!!!! François, meu velho
    Demon cracia = governo do santanás, berzebú…
    quando seremos iguais?
    não vote, revolte: ARROTE!!!!!!

    do Plínio, o novo…

  3. Eu Tanásia 6 de outubro de 2010 18:09

    Homi… vc devia se candidatar!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo