Terceira edição de “O Galo” apresenta novo formato e celebra poesia potiguar

A poesia potiguar, celebrada em março é o principal tema da terceira edição de O Galo, que será lançada nesta quarta-feira (30) às 18h no Teatro de Cultura Popular Chico Daniel (TCP).

39fd1a9b-e901-4e90-a62b-2542c24420a8A publicação terá a partir desta edição um novo formato gráfico e uma diagramação que utiliza papel Poli Soft que confere um visual mais leve e moderno.

Publicado pelo Governo do Estado, através da Fundação José Augusto, o novo Galo traz artigos, poemas, entrevistas e perfis sobre a recente produção literária do Rio Grande do Norte voltada para a poesia.

Destaque para o artigo do pesquisador Thiago Gonzaga (“Algumas Considerações Sobre a Poesia de Adriano de Sousa”) do sociólogo Homero Oliveira Costa, (“ Sobre Livros Bibliotecas e Leituras”), do professor de Literatura Nonato Gurgel (“O Chico Antônio de Mario de Andrade”) e a entrevista com o poeta mossoroense Antônio Francisco.

Destaque ainda para um perfil com escritora Carol Vasconcelos e o artigo “P Lugar da Poesia em tempos da Aldeia Global”, assinado pelo jornalista Carlos de Souza, editor de O Galo.

Também participação da edição as repórteres Luana Ferreira e Fabiana Bagdonas, com projeto gráfico assinado por Ígor Jales e diagramação e ilustrações de Vital Gomes.

“Essa edição representa um grande avanço em nossa linha editorial pela nova formatação gráfica e pela abordagem temática que celebra a produção da poesia norte-riograndense”, explica o Coordenador do Livro, Leitura e Biblioteca da FJA, Aílton Medeiros.

Acredito que música, literatura e esporte são ansiolíticos dos mais eficazes; que está na ralé, nos esquisitos e incompletos a faceta mais interessante da humanidade. [ Ver todos os artigos ]

Comments

Be the first to comment on this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Go to TOP