[THRASH METAL] Killing Fields (RN) retoma atividades com EP

Em meio ao caos pandêmico de 2020, a banda natalense Killing Fields ressurgiu de uma longa paralização (estavam parados desde o final de 2012) para retomar seu thrash metal old school com forte influência da cena da Bay Aerea, em São Francisco, na Califórnia (Megadeth, Slayer, Metallica, Exodus, Testament).

“Neste momento de pandemia, com todos os nossos projetos musicais parados, resolvemos então expressar nossa indignação com a volta desse EP, que tem temas mais caóticos”, diz o vocalista e fundador da banda, Cid Oliveira.

Banda estava parada desde 2012

Iniciativa do guitarrista Roberto Phrankson, a banda resolveu registrar o EP, “When Nuclear Nightmare Turns Real”, com o vocal de Cid, o Baterista JP “T-RASH” e a participação especial do guitarrista Otávio “Magão” nos solos na gravação.

As quatro faixas que compõem o EP eram executadas ao vivo nos palcos da cena underground de Natal, em meados dos anos 2000 (a banda é de 2002). São quase 20min de som ácido.

Além do thrash old school, o som do Killing Fields possui alguns elementos de technical thrash metal (estilo com letras e instrumentais mais elaborados), com temas que abordam horrores atemporais vivenciados em campos de matança, a fúria esquizofrênica emergindo de uma mente massacrada e por fim a narrativa torturante de um castigo infernal.

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo