Tigres, tsunamis e Deus

Por Michel Laub

A ideia de que a natureza é indiferente aos valores humanos, embora não aos seus atos, é incômoda por sua gratuidade amoral. Dois filmes em cartaz lidam com o problema de maneira distinta. O primeiro é “O Impossível”, de Juan Antonio Bayona, cujo cenário é uma praia da Tailândia atingida pelo tsunami de 2004.

aqui

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × 2 =

ao topo