Tom Wolfe

tom“Traçar um panorama crítico dos dias atuais nas artes e no comportamento humano. Foi o que se propôs a fazer o escritor americano Tom Wolfe, de 78 anos, durante conferência para cerca de mil pessoas, na segunda-feira (16), em Porto Alegre. Descreveu os tempos modernos como um período de sexo banalizado, arte conceitual sem aptidões, programação de homens como softwares e valores dissolvidos.

Mas não se mostrou pessimista, preferindo se colocar no papel de jornalista que observa as transformações e sabe que elas sempre vêm. “Estou curioso para ver quais serão os desdobramentos dessas tendências daqui para a frente.”

aqui

Go to TOP