Traquinagem e adivinhação

Por François Silvestre

O engenheiro Ângelo da Costa, vulgo Costa de Luiz Lino, disse certa vez que descobrira a minha real ideologia. Após assistir a alguns capítulos do “Bem Amado” de Dias Gomes, que a televisão popularizou, Costa não teve mais dúvidas. “Você é um Esquerdista Cervejista”. Pronto. Tava aí a definição mais próxima da verdade que mereceu minha ideologia. Analogia da jenipapança.

aqui

Comentários

Há 2 comentários para esta postagem
  1. Chico Moreira Guedes 25 de agosto de 2010 13:09

    Eita, que o ar dessa serra véia de tá te fazendo um bem, François.
    E a nós, por tabela.

  2. Tânia Costa 24 de agosto de 2010 10:33

    Beleza de texto! Leveza para uma terça-feira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo