Três potiguares são selecionados pelo Ministério da Cultura e vão publicar livros

O cineasta Edson Soares, a dramaturga Clotilde Tavares e ainda a mossoroense Maria Carmem Silva Batista, que desconheço, são os potiguares selecionados no programa Bolsas de Fomento à Literatura, do Ministério da Cultura.

Bom lembrar que Edson e Clotilde são autores de dois dos quatro livros aprovados no Fundo de Incentivo à Cultura, da Prefeitura de Natal. Este blogueiro é outro.

Para este programa do MinC foram ofertadas 95 bolsas e selecionados 83 projetos entre 928 inscritos, com aporte total de R$ 1,8 milhão. A primeira fase de seleção aprovou 700 propostas.

Lançado em 2014, o edital teve como objeto a concessão de bolsas para fomentar a literatura brasileira por meio de apoio ao desenvolvimento de projetos nos campos da criação, circulação e difusão, formação e pesquisa.

Edson Soares aprovou o projeto do livro-romance ‘Confissões do Sefardista Errante’ com nota máxima. Clotilde, com o projeto de circulação/difusão ‘O Cordel está no Ar’. E Maria Carmem, com o projeto de pesquisa ‘Literatura Infantil: Construindo significados e despertando o imaginário’.

Cada um dos potiguares aprovaram o projeto em categorias diferentes. Sei que a categoria de Edson Soares recebe R$ 15 mil para produzir o livro.

O mesmo Edson também aprovou um projeto de cinema para elaboração de uma série de TV ao custo aproximado de R$ 1 milhão, também pelo MinC. Faz seis meses e nem sinal do dinheiro!

Comentários

There is 1 comment for this article
  1. José de Castro 15 de maio de 2015 8:18

    Bom saber dessas vitórias de autores dessas terras de Poti. Uma alegria para todos nós.
    Vamos abrir os caminhos da cultura para o nosso Rio Grande do Norte avançar…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo