“Tropa de Elite 2” tem muito a dizer à nação

Por Inácio Araújo

Ao sair da sessão de “Tropa de Elite 2” não pude evitar de pensar em alguns filmes.

O caminho escolhido pelos autores, desta vez, me pareceu próximo ao dos grandes filmes político-policiais italianos, como Elio Petri e Damiano Damiani, sobretudo, fizeram.

aqui

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 + 6 =

ao topo