Um Chico Buarque, por favor, pra sair da mesmice

Por Carlos Alberto Barbosa

Nada contra Roberto Carlos fazer o show de inauguração do Teatro Riachuelo para convidados. Afinal, Roberto é o “Rei”. Mas daí fazer um show aberto ao público com ingressos que variam de R$ 400 a R$ 600 já é demais. Não bastasse Roberto Carlos não ser mais novidade para o público natalense, pois todo santo ano ele aterrisa pelas bandas de Poti para fazer seu costumeiro show, e normalmente no ginásio de esportes Machadinho a preços “populares” de R$ 40, o show de hoje está fora da realidade local.

Não sou fá de Roberto Carlos como intérprete, embora admita que como compositor tem boas músicas que na voz de um Caetano Veloso, Maria Bethânia, Simone, entre outros da MPB, caem melhor que na voz chorona do “Rei”. Mas gosto não se discute e não estou aqui para polemizar o show ou os shows do “Rei” no Teatro Riachuelo. Mas convenhamos que para uma inauguração de um teatro de primeiro mundo como é o Riachuelo, que não deixa a desejar nada a ninguém, nada melhor do que um show de um cantor que há anos não vem a Natal. Um Chico Buarque, por exemplo, do mesmo quilate de Roberto Carlos.

A mesmice, embora alguns gostem, é a mesma que se vê no “Show de Roberto Carlos” todo fim de ano na Globo. O natalense, neste caso, terá a oportunidade de vê-lo em dose dupla, ou seria em dose tripla? Dois shows em Natal, ao vivo e a cores, sendo um só para convidados e outro aberto ao público, e o da Globo, no dia de natal. Repito: Nada contra o “Rei”, mas acho que o natalense merecia algo diferente. Mas o teatro não é meu é de Nevaldo Rocha e ele contrata quem quiser para fazer show em seu teatro. De graça, no caso do show para convidados, até enjeição a gente aceita. Mas, no caso de um ingresso que varia de R$ 400 a R$ 600, Roberto Carlos que me perdoe, mas não vale isso não. Seria melhor Nevaldo ter trazido Paul Mcartney. Esse sim, valeria um ingresso nesse valor. Até mais!

Cuntudo, quem quiser conhecer o Teatro Riachuelo e vê um bom show, neste sábado tem a potiguar Roberta Sá, com preços de ingressos compatível com a realidade, ou seja, R$ 50. Mas, enfim, Natal hoje pode-se dizer tem uma “Casa de Shows. Espero e desejo que os ingressos estejam dentro do compatível com os shows realizados em São Paulo e Rio de Janeiro, por exemplo, porque o “Show do Rei” nesta sexta está completamente fora da realidade. Mas…

Comentários

Há 3 comentários para esta postagem
  1. Sérgio Vilar 11 de dezembro de 2010 9:41

    Ficou confuso?..rs Explico melhor lá no blog, Lívio!
    Abraço!

  2. Lívio Oliveira 10 de dezembro de 2010 22:21

    Não entendi o que meu amigo Sérgio Vilar disse.

  3. Sérgio Vilar 10 de dezembro de 2010 20:55

    Roberta Sá já trouxe esse mesmo show duas vezes. E tocará de graça no Natal em Natal. E não é R$ 50, grande Barbosinha, é R$ 100. Metade é só pra estudante. Acho que preferiria pagar os R$ 600 de Roberto do que os R$ 100 de Roberta, com todo o respeito aos dois. Mas uma conversa com um produtor qualquer, eles explicam a razão do preço dos ingressos. Infelizmente será assim para cobrir custos. Se é fora da realidade, cheguei de lá há pouco e tava lotado. Tem público para tal. Agora, o povão que se contente com o TCP, o que não deve muito a ninguém.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo