Um deserto de idéias

“Tenho amigos progressistas e conservadores. Que se acreditam revolucionários, reformistas ou reacionários.

Dentre eles, os críticos conservadores do governo Lula se dividem em dois grupos: os que replicam o discurso dos colunistas da mídia corporativa — contra o assistencialismo e o personalismo, por exemplo — e os que acreditam que Lula é simplesmente “de mau gosto”, como legítimo representante de um operariado pequeno-burguês cujo horizonte intelectual estacionou na esquina entre Zezé de Camargo & Luciano e o jipe importado de segunda mão do Silvio Pereira.” Luiz Azenha

aqui

Go to TOP