Um filme degradante e uma falsa polêmica sobre a censura

Por Luciano Trigo

Para evitar mal entendidos, quero começar afirmando logo: sou contra a censura. Isso posto, considero Um filme sérvio – Terror sem limites, de Srđan Spasojevic, o lixo mais asqueroso e repulsivo de toda a história do cinema.

aqui

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo