Um livro de literatura infantil e seis motivos para você ir ao lançamento nesta sexta

Nem costumo divulgar releases completos sobre lançamentos de livros. Prefiro, quando tenho oportunidade, lê-los e comentar depois. Mas achei essa oportunidade especial. Primeiro porque é literatura infantil. Segundo porque aborda o tema da alteridade e diversidade na escola. Terceiro porque o autor Kelson Oliveira é aluno do professor de antropologia Luís Assunção e tem ilustrações de Marcos Queiroz, natural de Pendências. Quarto porque o título é sensacional: “A história da menina que carregava os olhos na mão”. E quinto porque o roteiro também é mágico, onde desde o início você quer descobrir como é a vida da menina cujos olhos saltam do rosto para serem levados carinhosamente numa das mãos. E sexto porque o lançamento já é sexta, às 19h, na Saraiva do Midway e queria convidar vocês a prestigiarem.

O release diz que Yasmin bem que poderia ser uma garota como qualquer outra. Mas não era. Guardava ela um segredo, ou dois, entre os dedos das suas mãos – ou às vezes no bolso do vestido. Os outros olhos, segundo o garoto-narrador dessa história, não paravam de sorrir em órbitas, e “como imaginar os planetas caminhando pelo rosto da menina?”. Para ele, ela era até parecida com as garotas dos mangás, mas os olhos… aqueles olhos, os que trazia nas mãos, eram o seu maior mistério, provocando a curiosidade da escola inteira.

Luiz Borges, um metido a valentão, passa a mexer com aquela garota misteriosa e muito tímida. Ele, na tentativa de desvendar o mistério, caçoa, cria apelidos (“cara de soim!”), provoca a menina, cabendo ao nosso narrador a tarefa de conquistar a amizade verdadeira de Yasmim, mostrar que nem todas as pessoas são iguais, mesmo sabendo que poderia se dar muito mal. Será que ele conseguirá provar isso para ela?

A história da menina que carregava os olhos na mão é a mesma história de uma série de crianças e jovens que por serem diferentes, por pensarem diferente, por ousarem trazer à comunidade escolar a diversidade em sua presença são por ela rejeitados, incompreendidos, combatidos, provocados e, por vezes, destruídos. Ótima oportunidade para, de forma lúdica e prazerosa, provocar a discussão contextualizada sobre bullying e o respeito às diferenças na escola,
na família e na sociedade, promover a inclusão e identificar os medos e os desejos infanto-juvenis.

SOBRE O AUTOR
Kelson Olivera é cearense de Limoeiro do Norte, onde passou a infância andando sobre as pontes e areias do Rio Jaguaribe, dormindo e acordando ao som do canto das águas. Professor de História, área em que se graduou, possui mestrado e doutorado em Ciências Sociais pela UFRN, o que o levou a residir em Natal por alguns anos. Em 2006 ganhou seu primeiro edital, tendo publicado seu primeiro livro de poesia, intitulado ‘Quando as Letras Têm a Cor
do Sonho’. Em 2009 foi novamente premiado, publicando seu segundo livro de poesia, ‘Para Comover Borboletas’, este pela editora 7Letras do Rio de Janeiro. Foi ainda selecionado no Prêmio Literário do Autor Cearense, em 2010, com
sua pesquisa etnográfica sobre magia nas religiões afro-brasileiras, orientada pelo professor da UFRN Luiz Assunção, e publicada em 2011 sob o título ‘Os Trabalhos de Amor e Outras Mandingas’.

SOBRE O ILUSTRADOR
Marcos Queiroz é potiguar de Pendências, onde cresceu atravessando veredas entre a caatinga e a várzea do Rio Açu. Atualmente, vive dividido entre Natal e Apodi, onde é Professor de Artes Visuais no IFRN. É mestre em Antropologia Social, pesquisador membro do Grupo de Estudo Sobre Culturas Populares, e desenhista. Como pesquisador, é autor do estudo antropológico intitulado Em casa de Catiço [2013], sobre a divindade Exu no universo afro-brasileiro, que
teve orientação do professor Luiz Assunção, da UFRN, e acabou sendo premiado pela Fundação Cultural Palmares e publicado pela editora da UFRN. Atuou como capista e ilustrou o livro ‘Os Trabalhos de Amor e Outras Mandingas’, de Kelson Oliveira, momento em que se iniciou a parceria entre eles. Gosta de animação, desenho em computador, aquarela e possui interesse especial por desenhos inacabados, encantando-se com a expressividade dos traços de esboços e rabiscos.

Informações da obra:
Nº de páginas: 60
Acabamento: Brochura
Publicação: 2015
Autor: Kelson Oliveira
Ilustrações: Marcos Queiroz
Investimento: R$ 24,90
*A obra é ganhadora do Edital de Incentivo às Artes da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará em 2014, e publicada em 2015 pela Editora Demócrito Rocha.

Jornalista por opção, Pai apaixonado. Adora macarrão com paçoca. Faz um molho de tomate supimpa. No boteco, na praia ou numa casinha de sapê, um Belchior, um McCartney e um reggaezin vão bem. Capricorniano com ascendência no cuscuz. Mergulha de cabeça, mas só depois de conhecer a fundura do lago. [ Ver todos os artigos ]

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo