Um Nobel para Al Capp?

Caros amigos:

As relações dos quadrinhos com literaturas passam pelo solo em comum de poesia e narração. Assim como alguns cineastas chegam num nível narrativo e poético excepcional (Eisenstein, Renoir, Vigo, Chaplin, Bergman, Visconti, Antonioni), quadrinhistas podem se situar num patamar paralelo (Al Capp, Eisnner, Hall Foster, nosso Ziraldo do primeiro “Pererê”). Como se sabe, o romancista norte-americano John Steinbeck, detentor do prêmio Nobel em Literatura, indicou o nome de Al Capp – autor de “Ferdinando” e da “Família Buscapé” – para a mesma premiação. Nesse sentido, Ziraldo na Academia Brasileira de Letras seria muito mais adequado que Sarney e Maciel.

Abraços:

Nasci em Natal (1950). Vivo em São Paulo desde 1970. Estudei História e Artes Visuais. Escrevo sobre História (Imprensa, Artes Visuais, Cinema Literatura, Ensino). Traduzo poemas e letras de canções (do inglês e do francês). Publiquei lvros pelas editoras Brasiliense, Marco Zero, Papirus, Paz e Terra, Perspectiva, EDUFRN e EDUFRJ. Canto música popular. Nado e malho [ Ver todos os artigos ]

Go to TOP