Um perdedor de cem anos

“Que o romancista uruguaio Juan Carlos Onetti faça 100 anos é uma redundância, porque já os tinha quando nasceu em Montevidéu no dia 1º de julho de 1909. Passava a maior parte do tempo na cama e a imobilidade centenária era a sua maneira de entender-se com o mundo.” TOMÁS ELOY MARTÍNEZ (The New York Times).

Leia a íntegra desse ótimo texto no link abaixo:

http://terramagazine.terra.com.br/interna/0,,OI3825600-EI13527,00.html

Go to TOP