Um retrato da impossibilidade

Por Luciano Martins Costa

A imagem da atual presidente da República, embarcando para a África do Sul na companhia dos quatro ex-presidentes ainda vivos, todos sorridentes e aparentemente à vontade no grupo, é um retrato fora do contexto…

aqui

Comentários

Há 5 comentários para esta postagem
  1. Marcos Silva 13 de dezembro de 2013 14:31

    Concordo quanto à simpatia, acrescento mesmo elegância, civilidade etc. Tenho dúvidas sobre sabedoria política. Não se trata de inimizade pessoal. Trata-se de suposta incompatibilidade política, projetos diferentes. Ou não: pode ser que os projetos tenham se tornado os mesmos e eu não percebi direito, sou meio lento pra essas coisas, minha falta de talento político é um espanto. E talvez as eleições tenham virado apenas e tão somente disputa por monopólios e privilégios – quem controlará a chave do tesouro (nada a ver com a chave do tamanho).
    Quanto à simpatia, o manual de etiqueta de Danusa Leão não indicaria nada melhor. Será que Danusa virou nossa mentora política?

  2. DAMATA 13 de dezembro de 2013 10:23

    Achei um gesto simpático e de grande sabedoria política o convite de Dilma aos ex-presidentes.

  3. Denise Araujo 13 de dezembro de 2013 9:24

    Para além de um retrato da impossibilidade, é quase uma abstração. Nelson Mandela merece todas as honras e certamente o conciliador que foi não passará impune, pois há de ter deixado legado (eu sinceramente espero), mas não confundamos velhos oportunismos e cinismos de vaidosos estadistas com conciliação, pois foi isso que a imprensa tentou incutir na cobertura do funeral.

  4. Marcos Silva 13 de dezembro de 2013 8:22

    Vi comentários sobre o disparate ético de se convidar Collor – as diferenteças entre ele e Sarney são milimétricas ou nem são. Fiquei preocupado com a tábula rasa da diferença política. Será que o neoliberalismo mais ou menos disfarçado é o denominador comum?

  5. Anchieta Rolim 13 de dezembro de 2013 0:27

    Quinteto lindo e maravilhoso esse. ha,ha,ha,ha….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo