Uma Gata

Meus Caros,

Vou pedir licença aos cachorros comendo cadáveres na Ilíada de Homero ( lembrado por Marcos Silva no balaio ), ao Cachorro Magro do Carlão ( relido nesse final de semana).
Louvarei aos gatos. O Gato da zenebra. O de “Eu sou o um Gato Negro”, etc. E uma gata muito especial;

Anas Nin

Anas Nin é uma gata
Ciumenta e manhosa
Trepa em tudo que é canto
Nas pias e no fogão.
Dorme no meu colchão
Não faz miau
Não reclama
E quer carinho
Tem nove vidas
Sua presença adverte:
Cuidado com o lobo mau
O gato é um animal
Perfeito
Seus olhos ferem a escuridão
Limpos e sensíveis
Preferem o Silencio

Físico, poeta e professor [ Ver todos os artigos ]

Comentários

There is 1 comment for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 + dezesseis =

ao topo