Uma história

Desliza no ar um véu cinzento,
Em algum lugar toca um sino…
“Toca um sino”!
Um homem faz a mochila,
Uma mulher passa o café,
Uma criança pede a mamadeira,
Muitos sobem uma ladeira,
Outros descem na volta,
As máquinas vão silenciando,
Despede-se o operário,
O mestre reserva as ordens…
O gato cochila e dorme…
Ou mia comemorando a noite que já vem vindo.
O gado muge enfadado…
Os animais se aconchegam.
Agora o véu é mais denso,
E a moça então se perfuma, sente-se mais bonita.
O rapaz assobiando caminha pensando na namorada,
As escolinhas vazias ficam sem a criançada…
É que está vindo num açoite, silenciosa, a noite…
E eu fico mais inspirada

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo