Uma peça de terror dirigida pelo melhor ator nacional de 2015 tomará a Pinacoteca Potiguar neste sábado

Uma programação diferenciada nesse final de semana em Natal. O ator José Neto Barbosa, premiado “Melhor Ator Nacional” no Prêmio Cenym 2015, da Academia de Artes no Teatro do Brasil, envereda em novas experimentações com a SEM Cia de Teatro (Sentimento, Estéticas e Movimento) e apresenta o espetáculo itinerante “Quando a Vela Apaga”, que trata do medo e outros horrores numa “mansão clássica”.

Será apresentado no sábado, dia 30 de janeiro, às 19h e 19h40 na Pinacoteca Potiguar. Com classificação de 16 anos, e entrada proibida para cardíacos ou diagnósticos do tipo.

Fruto das ações formativas ministradas pelos integrantes da Cia (José Neto, Mylena Sousa e Paulo Sergio Gurgel), a obra resgata contos e figuras de suspense/terror do imaginário popular. A plateia é convidada a embarcar numa verdadeira aventura nas dependências do antigo Palácio da Cultura. Um percurso com cenas e intensas surpresas.

O espetáculo ocupa a Pinacoteca, com incentivo da direção da instituição, num encontro e inclusão de artistas sem grupos/cia/coletivos de teatro. O diretor da peça relata que é momento de inclusão, formação e espaço para os atores que normalmente não têm oportunidade de trabalhar e vivenciar suas habilidades:

“Precisamos repensar os espaços da cidade, e questionar sempre os caminhos criativos e comportamentos do fazer teatral não só em Natal. É sim um processo de ocupação de um lugar que ultimamente parece se abrir mais ao público potiguar em tempos de teatros fechados na cidade. ‘Quando a Vela Apaga’ parte inclusive da relação com os móveis e arquiteturas de lá e surge também em um momento de escuridão, ou melhor, em uma fase delicada para os artistas potiguares. O teatro precisa se firmar enquanto movimento na sociedade, sendo politizado, relacional e inclusivo.”

Segundo o diretor geral José Neto Barbosa, o público vai se deparar com um espetáculo vivo e em constante metamorfose, que também mistura audiovisual. “A cada sessão experimentamos ações, reações e cenas diferentes. Acreditamos que uma peça de teatro não é só ficção, nunca está completamente pronta, e se faz da relação com a plateia.”

“Quando a Vela Apaga” estreou nos primeiros dias de 2016 com direito a sessões extras esgotadas. Conta com mais de 32 profissionais entre artistas, técnicos, incluindo enfermeira para ocasionais socorros. E abrirá agora mais sessões. Os ingressos já estão à venda no sitewww.eventick.com.br/quandoavela.

Elenco: José Neto Barbosa, Mylena Sousa, Paulo Sergio Gurgel, Weynia Rocha, Carla Gameiro, Arthur Bezerra, Robson Medeiros, Bruno Ferreira, Camilla Custódio, Deborah Custódio, Luanna Oliveira, Isadora Gondim, Morgana Moraes, Margareth Vasconcelos, Ruston Gabriel, Maria Luísa Nóbrega, Giovana Tinoco, Giselle Fukomoto. Brena Olívia, Senei Rocha, Ana Carolina Araújo (PB) e Amelinha Fagundes.

SERVIÇO
Espetáculo “Quando a Vela Apaga”
Dia: 30 de janeiro de 2016
Horários: 19h e 19h40
Local: Pinacoteca Potiguar (Praça Sete de Setembro, s/n, Cidade Alta, em frente a Prefeitura, Natal/RN)
Ingressos: www.eventick.com.br/quandoavela, ou no local a partir das 18h.
Valores: R$ 15,00 preço único
Classificação: 16 anos.

Acredito que música, literatura e esporte são ansiolíticos dos mais eficazes; que está na ralé, nos esquisitos e incompletos a faceta mais interessante da humanidade. [ Ver todos os artigos ]

Comments

Be the first to comment on this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Go to TOP