Vanguardismo e erudição fazem de ‘Grande sertão: veredas’ obra definitiva da literatura brasileira

Comentários

Há 2 comentários para esta postagem
  1. Lívio Oliveira
    Lívio Oliveira 16 de abril de 2013 7:42

    A qualquer pesquisa/enquete que eu puder responder, nos próximos duzentozecinquentanos, sobre qual o melhor livro da literatura brasileira, trarei na ponta da língua: “Grande Sertão: Veredas”.

  2. Marcos Silva
    Marcos Silva 16 de abril de 2013 8:23

    Gosto muito de Grande Sertão: Veredas. Tenho grandes dúvidas sobre a categoria “melhor livro da Literatura Brasileira”. Afinal, existem Memórias póstumas de Brás Cubas, Os poemas de Cruz e Souza, Os Sertões, Vidas Secas, A Rosa do Povo, Laços de familia. E, no banco de reservas, Triste fim de Policarpo Quaresma, Macunaíma, os spoemas de Wladimir Dias Pino. Prefiro pensar que a Literatura Brasileira possui grandes momentos e esses livros estão entre os melhores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo