Vender não é culpa

Bertolino:

Tom Jobim falava que os brasileiros não suportavam o sucesso aheio. Não padeço desse mal: Paulo tem mais é que ganhar MUITO dinheiro porque produz mercadorias muito lucrativas. Os maus atores e as más atrizes de novelas devem ganhar salários ALTÍSSIMOS porque dão base para mercadorias muito rentáveis. Isso não significa que escritor que vende muito escreva bem nem que ator e atriz que faz muito sucesso de público represente bem. Não compro os livros de quem escreve mal, não assisto a novelas nem a peças e filmes com maus atores e más atrizes. Mas apóio que a remuneração deles corresponda minimamente à reprodução ampliada de capital que eles geram.

Não tenho culpa nenhuma em relação a dinheiro. Ele garante o consumo de produtos bons (roupas bonitas, casas confortáveis com piscina e ar condicionado – aquecimento nos lugares frios -, comidas nutritivas e gostosas, viagens a lugares onde existem museus fabulosos, zelo adequado com a saúde). Sou favorável a redistribuição da renda porque visitar o Louvre, o Prado, o British Museum e o Stmihsonian são direitos humanos básicos.

Nasci em Natal (1950). Vivo em São Paulo desde 1970. Estudei História e Artes Visuais. Escrevo sobre História (Imprensa, Artes Visuais, Cinema Literatura, Ensino). Traduzo poemas e letras de canções (do inglês e do francês). Publiquei lvros pelas editoras Brasiliense, Marco Zero, Papirus, Paz e Terra, Perspectiva, EDUFRN e EDUFRJ. Canto música popular. Nado e malho [ Ver todos os artigos ]

ao topo