Venezuela e golpe

“Ao contrário de outros momentos de confrontos nas ruas da Venezuela, as chances de novo golpe se reduzem por causa da queda da popularidade do presidente Hugo Chávez e da crença de seus adversários em derrotá-lo nas urnas, em setembro, para enfraquecê-lo ainda mais. É o que avalia o sociólogo venezuelano Edgardo Lander para Terra Magazine”.

aqui

ao topo