Verba para Pontos de Cultura é liberada

Foi sancionado pela governadora Wilma de Faria um crédito especial de pouco mais de R$ 3 milhões para a Fundação José Gugu. Está no DOE.

Dessa grana, R$ 2 milhões são do Governo Federal, que estavam guardadinhos a espera da liberação para contemplar os 53 Pontos de Cultura deste Rio Grande.

Do milhão restante, R$ 800 mil é a contrapartida do Governo do Estado para o Programa.

Os R$ 200 mil que sobraram é a verba destinada à Lei do Patrimônio Vivo, de autoria do deputado Fernando Mineiro.

A respeito da Lei, uma pequena correção: divulguei logo abaixo que, por causa da liberação da verba, a iniciativa de Mineiro havia “saído do papel”. Não saiu. Um pedaço do papel ainda está na gaveta.

Segundo o deputado, as questões jurídicas e orçamentárias estão solucionadas. Ele acredita que próxima semana será baixado um edital pela FJG para só então serem escolhidos os contemplados.

Então, está valendo.

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo