“Viagem ao Crepúsculo”

“Quem, num passado distante, leu “A Ilha”, de Fernando Moraes, e no meio dos anos 80 encarou “Fidel e a Religião”, de Frei Betto, tem quase a obrigação de ler, agora, o que parece ser o mais urgente, honesto e revelador livro com um relato de como é a vida real atualmente em Cuba. Todo cuidado é pouco quando se busca informações sobre o cotidiano dos moradores da ilha cuja revolução encantou povos de um continente inteiro, pela bandeira de igualdade que estendeu no seu primeiro momento. Pois “Viagem ao Crepúsculo”, o novo livro do escritor pernambucano Samarone Lima, o homem do blogue “Estuário”, traz o testemunho do mais isento dos observadores.” SEBASTIÃO VICENTE

aqui

ao topo