Viagem Vertical

“Já posso imaginar o que alguns articulistas da imprensa brasileira vão escrever sobre o livro O Prazer de Ler os Clássicos, de Michael Dirda, que chega amanhã às livrarias pela editora Martins Fontes. Vão dizer que Dirda confunde cultura com consumo, que trata a leitura como deleite burguês, que faz autoajuda para endinheirados, que celebra a vitória do mercado sobre a esquerda, etc…”

aqui

ao topo