Videla admite execuções em ditadura argentina

Em sua 1ª entrevista desde a redemocratização, general que deu golpe em 1976 diz que regime militar ‘cumpriu objetivos’ e agradece ajuda da Igreja.

aqui

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo