[VÍDEO] 12 poetrix: “Coração de poeta é criança”

CORAÇÃO DE POETA É CRIANÇA

Escalo nuvens, colho estrelas.

Meu coração é o infinito

Viajo na imaginação.

 

CORAÇÃO EQUILIBRISTA

Um gato na linha do horizonte.

Num raio de lua me equilibro.

Sou leveza de balão.

 

CORAÇÃO DE POETA É CRIANÇA

Reinvento a vida ao vento.

Bailarino do tempo.

Viro o mundo de pernas pro ar.

 

TODOS OS DIAS

Faço-me criança.

Invento silêncios que falam.

Tristezas a sorrir.

 

MEU CORAÇÃO É MENINO

Reviro o mundo.

Viajo no sonho.

Invento amplidões.

 

MEU CORAÇÃO 

Tem a cor do silêncio.

Voz de veludo.

Calado, diz tudo.

 

UM DIA VIRA MARIA FUMAÇA

Resfolega arco-íris.

Destino ao longe apita.

Coração fora do trilho.

 

 

MEU CORAÇÃO INVENTA TUDO

Um elefante que flutua.

Um navio-foguete.

Sol que namora lua.

 

MEU CORAÇÃO DE POESIA

Solta o verbo.

Liberta o adjetivo.

Criar é substantivo.

 

CORAÇÃO DE POETA VIAJA

Onde vais tu?

Ali, na esquina do sonho.

Buscar o impossível.

 

CORAÇÃO A GIRAR

Vem, seja meu par.

Rodopie na roda gigante.

Dois corações a bailar.


CORAÇÃO DE POETA É SURPRESA

Esconde mistérios

Na face do poema

Revela-se a beleza.

Jornalista, escritor e poeta. [ Ver todos os artigos ]

Comentários

Há 2 comentários para esta postagem
  1. Beth Iacomini 23 de dezembro de 2020 20:40

    Que lindo, José! Você sempre arrasa! Adorei ouvir… e imaginar…
    Abraço forte!

  2. Francisca de Paula Belmino Rodrigues da Silva 23 de dezembro de 2020 19:41

    A poesia regras criança, esperança, amizade. Teu coração de menino nos acolhe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo