Vinícius de Moraes

Por Luiz Penha

Aos poetas e amantes da liberdade. A reparação do governo brasileiro prestando uma homenagem póstuma ao poeta e diplomata Vinícius de Moraes, no Palácio do Itamaraty, elevando-o a condição de “Diplomata do Brasil”, tirada de forma abrupta pela ditadura militar, confirma que o exercício do cargo público não é imcompatível com o fazer poético. Esse era um pensamento falso moralista instituído e implantado no Brasil que, graças a Deus e a democracia que está se reconstruindo, está dissipado e assim a história haverá de reconhecer outras tantas personalidades do campo intelectual e cultural deste país.

Comentários

There is 1 comment for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

sete + 1 =

ao topo